A queda do Facebook a maior rede social

O Facebook é a maior rede social utilizada no mundo. Já passou por diversas mudanças e adaptações, mas será que realmente irá acabar?

Durante alguns anos a rede social mais frequentada foi o Facebook, fazendo Mark Zuckerberg (o criador do site) lucrar cada vez mais. Porém, já ouvíamos rumores que os dias do Facebook estariam contados. Será mesmo?

Facebook

Recentemente, no início desse ano, um grande número de jovens deixou de utilizar a rede social. O motivo? Aparentemente por aplicativos que facilitam a conversação e sejam mais privados como o WhatsApp ou outras redes sociais que criam uma certa descrição como o Tumblr onde é possível postar anonimamente ou o Instagram e o Snapchat, esse último ainda não é conhecido no Brasil, mas suas funções são bem parecidas com o Instagram, porém as fotos postadas não chegam a ficar minutos no ar antes de serem deletadas.

Muito jovens ainda têm outro motivo para deixar o Facebook: hoje em dia todo mundo tem uma conta lá, inclusive os pais. Porém, lembre-se que a rede social serve para expor o conteúdo que o usuário decide expor. Se esse for um forte motivo, todas as redes sociais no mundo irão ser dizimadas conforme a popularidade que for conquistando.

Bye bye Facebook

Mas não fique preocupado em ir logo desativando sua conta, se isso realmente acontecer ainda demorará alguns anos. E ainda é válido lembrar que muitos usuários possuem uma conta em cada rede social diferente, como os jovens da geração Y que vivem em busca de inovação e sempre desejam o diferente.

Para os investidores o motivo de preocupação é menor. Aliás, os responsáveis pela rede estão trabalhando em mudanças e melhorias na rede. Atualmente para a versão mobile podemos baixar em nossos smartphones aplicativos que permitem o acesso a página em uma plataforma pensada para nossos aparelhos, além também de aplicativos diretamente conectados com o querido inbox e as notificações.

Outro ponto importante para as marcas e empresas: o Facebook deve ser uma ferramenta de social media não a ferramenta exclusiva. Ou seja, conheça outras redes, o seu público alvo pode não estar aqui, mas em outra página. O Face continua sendo uma maneira de comunicação em massa através da internet, motivo pelo qual não deve ser abandonado.

Túmulo do Facebook

Ao contrário do que andam dizendo por aí, acredito que o Facebook não irá morrer. A internet e a tecnologia são coisas que se inovam a cada momento, se atualizam com frequência. É difícil prever o sucesso ou a decadência de uma rede social, pois um dia pode significar muito.

Do ponto de vista publicitário, a rede ainda é grande e dificilmente iremos acordar e ela terá acabado. O crescimento é espantoso, mas a queda é gradual. O ideal é manter investimentos em curto prazo, aproveitando que o horário nobre na internet acontece por quase 24 horas por dia.

As pessoas passam mais tempo do seu dia (e noite) com seus smartphones em mãos, utilizando seus aplicativos e conectadas com o mundo, e claro, o Facebook está se adequando para esses usuários.

Marketing Digital

O abandono da rede por um determinado grupo de pessoas mais jovens pode indicar o início de uma queda, porém também pode indicar o crescimento de outro grupo, com outra faixa etária e consequentemente formando um público novo de usuários para o Facebook.

A pesquisa da Princeton

Facebook Curtir

Recentemente, foi publicada uma pesquisa realizada pela Universidade Princeton, afirmando que o Facebook iria morrer, o que causou esse alarde todo. Porém o método desse estudo foi analisar quantas buscas a palavra “Facebook” tem tido nos últimos anos através do Google Trends. Agora pense: a rede social já é bem popular, não é mesmo? Então se você conhece o site, não irá procurar no Google, o que não contará no Google Trends. Ou seja, não é porque o Facebook é menos procurado no google, que ele está morrendo.

O filme "A Rede Social" conta toda a história da criação do Facebook. Veja ao trailer nesse vídeo do Youtube:




Mais informações por email.

Comentar sobre A queda do Facebook a maior rede social