Como era a infância de antigamente

Veja a diferença entre as brincadeiras de antigamente e as atuais e relembre o tempo em que as brincadeiras eram sua única preocupação.

crianças brincandoInfância, geralmente lembra coisa boa: colo da mãe e da vó (às vezes até da bisavó…), brincar com os amigos e primos sem se preocupar com nada, se sujar de terra e de barro, aquelas festinhas, bolos, refrigerantes, brincadeiras…

Antigamente, com atrações, digamos menos tecnologicamente avançadas, as diversões e passatempos eram diferentes, talvez mais interativas, e que demandavam muito mais criatividade e energia.

                       

Brinquedos da infância de antigamente

Havia brinquedos divertidíssimos… Quem tem trinta anos, mais ou menos, com certeza brincava de carrinho – de ferro ou madeira, de Playmobil, bolinha de gude, pião, ioiô, pega-varetas, soldadinhos e animais de plástico, Falcon (o barbudo…) e Comandos em Ação, apertava os botões do Aquaplay, se matava tentando resolver o Cubo Mágico…

E até em relação à diversão eletrônica, a geração dessa época viu nascer os primeiros videogames – telejogo, Atari, além dos famosos fliperamas e o Genius, Autoramas e Ferroramas.

brinquedos de antigamente

Brincadeiras da infância de antigamente

Antes da popularização dos brinquedos eletrônicos, as crianças não morriam de tédio, como as da geração atual. Não faltavam brincadeiras superativas, como pega-pega, pique-esconde, taco (ou bets, conforme o lugar do Brasil), pé na lata, pular sela, pular corda e amarelinha, jogar queimada, bater figurinha, brincar de Stop, siga o mestre, estátua, andar de carrinho de rolimã…

Os meninos jogavam bola na rua, calçando Kichute (com os cadarços amarrados na canela) ou de tênis Bamba e empinavam pipa, as meninas adoravam as Melissinhas, trocavam papéis de carta e passam para as amigas seus cadernos com enquetes, perguntas sobre tudo que era coisa para se conhecerem melhor.

pulando amarelinha

A infância de antigamente comparada com a infância hoje

Em tempos de globalização, informática, eletrônica e tantas outras coisas que evoluem e mudam de um jeito mais galopante que nunca, a vida das crianças de hoje está cada vez mais diferente do que a infância vivida nas gerações anteriores.

Uma das maiores consequências dessas mudanças é a diminuição drástica da interatividade entre as crianças, o relacionamento entre elas, sobretudo nas grandes cidades. Os brinquedos possibilitam que elas brinquem sozinhas, e a internet também está presente em suas vidas, cada vez mais cedo, sem falar nos celulares. Os brinquedos e as brincadeiras de hoje são quase são praticamente feitas para que as crianças fiquem apenas dentro de casa.

brincadeiras atuais

Antigamente, não havia celular para que os pais soubessem o tempo todo onde estavam os filhos e serem avisados prontamente caso lhes acontecesse algo, e não acontecia nada demais por causa disso, mesmo que os “moleques” estivessem no meio do mato, subindo em árvores ou nadando em rios. Na medida do possível, cabe aos pais ajudarem seus filhos a experimentarem as deliciosas brincadeiras que os divertiam quando tinham sua idade.

Confira mais alguns brinquedos no vídeo abaixo Brinquedos antigos… show do Miro, no Youtube e relembre brinquedos da infância de antigamente:

BRINQUEDOS ANTIGOS...SHOW DO MIRO.wmv

Leia mais sobre infância

Nenhum voto, seja o primeiro



Rodrigo
09/09/13



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook