Sintomas de plaquetas baixas

As plaquetas são elementos fundamentais em nosso organismo, e a falta dela pode trazer algumas complicações no corpo de uma pessoa. Veja!

Sintomas de plaquetas baixasAs plaquetas são células sanguíneas produzidas na medula óssea, também conhecidas como trombócitos, elas agem formando coágulos de sangue sempre que necessário, para evitar hemorragias.

É muito importante para o nosso corpo ter um determinado número de plaquetas, mas tão importante quanto, também é sua qualidade. O aumento ou diminuição das plaquetas pode trazer doenças graves e neste artigo falaremos sobre as plaquetas baixas no sangue e suas consequências.

                       

O valor ideal das plaquetas é entre 150.000 a 400.000/mm³, um número inferior a este pode causar doenças como dengue, patologias do baço, deficiência de vitamina K, anemia hemolítica, leucemia, doença de Von Willebrand, síndrome de Scott, trombastenia de Glanzmann e a síndrome de Bernard-Soulier.

Doenças como estas podem levar à morte se não tratadas adequadamente, confira aqui quais são os primeiros sintomas de plaquetas baixas, o que causa esses sintomas e qual o tratamento ou as recomendações adequadas para quem está com baixa no número de plaquetas.

Primeiros sintomas de plaquetas baixas

Primeiros sintomas de baixo nível de plaquetasA baixa quantidade de plaquetas no sangue manifesta alguns sintomas, mas a confirmação de alguma doença só aparece com o resultado de exames.

O primeiro sintoma comum é a fadiga e o cansaço, daqueles que não se aguenta ficar em pé e para subir uma escada pequena precisa de grande esforço. Um outro sintoma aparece nos braços, costas e tórax, são pequenas erupções, manchinhas vermelhas que aparecem na pele, mais uma coisa que se torna comum, são os hematomas, qualquer batida de leve já deixa marcas.

Quando o número de plaquetas fica muito baixo, 10.000 ou menos, há um risco muito alto de hemorragia interna, sangramento pela boca, nariz e gengiva. É muito importante consultar um médico assim que começar a sentir os sintomas mais leves, pois a plaquetas baixas se não tratadas, tendem a reduzir ainda mais.

O que causa plaquetas baixas

O que são plaquetasVárias causas podem reduzir a produção de plaquetas, algumas reações do organismo ou a falta destas reações, podem não produzir o mínimo de quantidade adequada.

Se alguma coisa acontecer com a medula óssea, pode diminuir a produção das plaquetas; o álcool é outro inimigo das plaquetas, também a falta de alimentos que contém ácido fólico e ferro, alguns vírus também prejudicam a produção das plaquetas, a catapora, caxumba e rubéola.

Existem ainda doenças mais graves que provocam a destruição das plaquetas no sangue, infecções bacterianas, a síndrome hemolítico-urêmica, doenças autoimunes entre outras causas.

Como tratar plaquetas baixas

Como tratar do baixo nível de plaquetasAntes de mais nada você deve ir ao médico e fazer os exames exigidos para confirmar a causa da redução do número de plaquetas, embora haja algumas dicas simples que ajudam a aumentá-las. Manter-se hidratado é fundamental, não só com água, mas com bebidas que tenham sais minerais em sua composição, como Gatorade ou Aquarius.

Ingerir citrinos e vegetais como cenoura, aipo, funcionam na subida das plaquetas, alimentos ricos em ferro também são muito importantes, feijão, espinafre, lentilha, carne magra, fígado e suplementos.

Alimentos vermelhos como goiaba, pimentão vermelho ajudam a subir as plaquetas e por fim o repouso constante.

Mas, mesmo com esse cuidados simples, lembramos de que procurar um especialista continua sendo a melhor opção.

Quer saber mais sobre as plaquetas sanguíneas? Então, assista ao vídeo que segue abaixo.

PLAQUETAS SANGUÍNEAS Parte 01/03

Veja mais sobre doenças e curiosidades sobre o sangue

Nenhum voto, seja o primeiro



Juliane
27/11/13


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook